Webinar da SPI discute os desafios da comunicação na pandemia e o papel da mídia e dos infectologistas

No último dia 26 de abril aconteceu a terceira webinar do Programa Educacional 2022: “Terças-feiras com a SPI”, com o tema: “O desafio da comunicação científica na pandemia - o papel da mídia e dos infectologistas”.

Na ocasião, o encontro propôs um debate entre os jornalistas Thays Freitas e Pedro Campos e os médicos infectologistas, Dr. José Ernesto Vidal e Dr. Evaldo Stanislau, ambos diretores da SPI, e contou com a participação de mais de 100 espectadores.

A sessão teve início com os médicos Dr. Evaldo e José Vidal abordando as principais dificuldades na divulgação de informações sobre a covid-19.

Na sequência, a diretora de jornalismo e apresentadora da Rádio Bandeirantes, Thays Freitas, pontuou os desafios na apuração das notícias e estudos, e recordou o início da pandemia.

Pedro Campos, jornalista e apresentador também da Rádio e TV Bandeirantes, destacou a importância de ter boas fontes científicas e fez questão de evidenciar o aprendizado com palavras que não eram habituais do seu vocabulário, como lockdown, respiradores, saturação, entre outras.

Ele pontuou também os problemas com a desinformação que agravaram a pandemia e o importante papel dos veículos de comunicação em transmitir as informações com credibilidade.

“Tivemos muitos erros e acertos da imprensa”, disse Pedro ao se referir que o jornalista deve ser um bom comunicador e não aceitar “versões oficiais” sobre os fatos.

Segundo ele, a obrigação dos profissionais é questionar essas atitudes, buscar experiência internacional e propor um debate amplo sobre o tema.

Os médicos Dr. Evaldo e Dr. José Vidal relembraram também as polêmicas e práticas inadequadas diante da infecção pela covid-19, que repercutiram de maneira negativa na imprensa.

Trouxeram ainda a evolução científica e as atuais conclusões sólidas e robustas sobre o vírus SARS-CoV-2 e os riscos de no início da pandemia de certas afirmações levianas, sem embasamento técnico e científico e, com isso expondo pessoas, o que poderia ser fatal naquele momento.

Vidal ainda afirmou que as notícias falsas com automedicação, autopromoção e o contexto político que estamos inseridos trouxeram elementos negativos e confusão para a população.





Veja todas Notícias da SPI

13º Congresso Paulista de Infectologia