Confira o que rolou no XX Congresso Brasileiro de Infectologia

 
Em setembro, a Sociedade Brasileira de Infectologia - SBI, por meio da Sociedade de Infectologia do Estado do Rio de Janeiro - SIERJ, realizou no Rio de Janeiro, no Centro de Convenções SulAmérica, o XX Congresso Brasileiro de Infectologia (Infecto2017). Na edição deste ano, houve o recorde de 22 palestrantes estrangeiros e também um número relevante de 2.115 pessoas inscritas.
 
Segundo o presidente do Congresso, Alberto Chebabo, a edição deste foi bastante proveitosa em termos científicos. “Houve um excelente nível científico de palestras e mesas de discussão onde foi possível congregar um grande número de especialistas que puderam trocar experiências em um ambiente agradável e de alta categoria”, explica Chebabo.

Entre os assuntos que foram destaques no Congresso estavam: a inclusão dos inibidores de integrase para o tratamento de pacientes com HIV, além de atualização nos protocolos de cura. Na área de resistência bacteriana, foram debatidas medidas para reduzir e combater a resistência, uso de novas drogas para tratamento de bactérias multirresistentes e apresentado o Plano Global de Controle da Resistência Bacteriana da OMS. Outro assunto de destaque foi a incorporação das novas drogas para tratamento da Hepatite C, permitindo a cura em mais de 90% dos pacientes tratados por este novo protocolo do Ministério da Saúde.

“Esta foi mais uma oportunidade de diferentes pesquisadores trocarem experiências sobre seus trabalhos, de médicos se atualizarem nos avanços da especialidade e de alunos conhecerem a Infectologia e aproveitarem do ambiente científico para se aperfeiçoarem e até realizarem suas escolhas profissionais”, finaliza Chebabo.


Confira os depoimentos de alguns dos infectologistas que marcaram presença no evento!
 
“O Congresso Brasileiro de Infectologia conseguiu cumprir os objetivos científicos e fomentou o crescimento da especialidade, trazendo pesquisadores internacionais e nacionais de renome, permitindo que profissionais da área, residentes e alunos trocassem experiências e se atualizarem com o que há de mais recente e inovador.” – Alberto Chebabo
 
"Foi um evento excelente e superou nossas expectativas. Tivemos uma ótima organização e a programação científica também contemplou todas as áreas da Infectologia. Foi um trabalho primoroso de uma equipe comprometida e que se engajou bastante no evento. Trabalhamos muito durante dois anos e os resultados atenderam nossas necessidades com grande participação do público.” - Sérgio Cimerman

Confira fotos do evento 
 





Veja todas Notícias da SPI