Sociedade Paulista de Infectologia faz alerta sobre doenças que podem ser contraídas no Carnaval

O carnaval está chegando e essa ocasião, que é repleta de alegria e curtição, pede alguns cuidados com a saúde já que as festas aglomeradas de gente, compartilhamentos de objetos pessoais e o uso de banheiros coletivos tornam a situação favorável para a transmissão de DSTs - Doenças Sexualmente Transmissíveis.
 
As DSTs são transmitidas pelo contato direto, mantido através de relações sexuais sem proteção e contato indireto por meio de compartilhamento de utensílios pessoais  contaminados e mal higienizados. Entre as principais doenças estão: gonorreia, uretrites e vaginites causadas por clamídia,  cancro mole, HPV, hepatite B, herpes, sífilis, tricomoníase e Aids, entre outras.
 
Para que os foliões fiquem seguros contra qualquer uma dessas doenças alguns cuidados devem ser tomados. Não compartilhe com outras pessoas objetos e roupas íntimas, lâminas de barbear ou depilar e toalhas. Mantenha uma boa higiene corporal e íntima. Além disso, usar preservativo é indispensável durante as relações sexuais, já que é o método mais eficaz contra as DSTs.





Veja todas Notícias da SPI